Classificados na semifinal da Pro League de Rainbow Six Siege


Warning: getimagesize(/home/u979204606/domains/fabricadelendas.com.br/public_html/wp-content/uploads/2017/04/pro-league-r6.jpg): failed to open stream: No such file or directory in /home/u979204606/domains/fabricadelendas.com.br/public_html/wp-content/themes/gutenmag/includes/custom.php on line 276
pro league 2017 r6

Neste domingo (16), as quatro equipes da chave B da região LATAM definiram os seus futuros na Pro League, campeonato mundial de Tom Clancy’s Rainbow Six Siege.

Em confronto disputado, a Black Dragons venceu de virada a equipe da Keyd Stars por 2 a 1 e assegurou sua vaga direta nas semifinais da competição.

A Keyd, derrotada neste duelo, segue com chances de continuar na competição já que enfrentará no próximo domingo (23), pela repescagem, às 17h,  a NOX Gaming, que venceu e eliminou a equipe da BRK e-Sports por 2 a 0.

Também na próxima semana acontecerá a repescagem da chave A, com o jogo entre Santos Dexterity e paiN Gaming, às 14h. Os vencedores garantirão as duas últimas vagas para as semifinais. As equipes derrotadas nestes confrontos darão adeus à Pro League.

Jogo 1 – Keyd Stars x Black Dragons

No mapa Casa de campo, a Keyd Stars composta por Vitor “IntacT” Janz, Wagner “wag” Alfaro, Rafael “mav” Freitas, João “HSnamuringa” Deam  e Julio “Julio” Giacomelli venceu por 5 a 1, conquistando o primeiro ponto da partida.

No chalé, a Black Dragons, de André “Nesk” Oliveira, Lucas “Yuuk” Rodrigues, Leone “oNe” Kayque, José “Bullet1” Victor e Leo “Zigueira” Duarte, venceu no overtime por 6 a 5.

O desempate ficou para o mapa banco, onde a BD derrotou a Keyd por 5 a 2 e garantiu a vaga direta para a semi.

Para o capitão da Black Dragons, Lucas “Yuuk” Rodrigues, a vitória foi possível graças ao padrão de jogo que a equipe manteve durante a partida. “Nós viemos com o pensamento de vitória, em nenhum momento desmerecemos o outro time, mas mantivemos o nosso padrão de jogo e acabamos saindo com a vitória”, comentou.

Já para Julio “Julio” Giacomelli, atleta da Keyd Stars, o relaxamento diante do bom começo da sua equipe foi fator determinante para a derrota no fim do confronto.

“Começamos muito bem, acho que acabamos desleixando um pouco e por isso tomamos a virada”, apontou.

Jogo 2 – BRK e-Sports x NOX Gaming

No segundo confronto do dia, a NOX Gaming, composta por Jose Henrique “Sseiiya” Garcia, Jaime “Cyber” Ramos, Luiz Filipe “Lipe” da Costa, Vitor Hugo “hughitow” Meneses e Thiago “xS3xyCake” dos Reis, começou vencendo por 5 a 3 no mapa fronteira.

No mapa litoral, novo triunfo sobre a BRK de Ramon “Gorb” Dutra, Lucca “MKingR6” Coser, Rafael “rfx” Alves, Thiago “Bor” Borinelli e Vinicius “Valvreis” Valverde, por 6 a 5 no overtime.

Segundo o capitão da NOX Gaming, Jaime “Cyber” Ramos, o triunfo veio com muito custo.

“Foi um jogo muito emocionante. Litoral é um mapa que não estamos acostumados a jogar, mas começamos a nos encontrar dentro da partida e conseguimos sair com a vitória com muito custo. Agora vamos estudar a Keyd Stars para fazer um bom jogo”, disse Cyber.

Já Vinicius “Valvreis” Valverde, capitão da BRK E-Sports, os erros em excesso foram fator determinante para a derrota que eliminou a equipe da competição. Mas o time espera amadurecer com o resultado adverso. “Erramos demais,  não soubemos fazer uma boa leitura de jogo, além de não ter a ousadia de saber atacar no momento certo. O time é muito jovem, a expectativa é de pegar esse resultado e não repetir os mesmos erros para buscar evoluir”, conclui.