ALLLLLLLLOOOOOUUUU!!!! Eai pessoal, 100%? Será que hoje vou conseguir secar algumas lagrimas e tentar fazer você entender porque diabos esse tal de shaman esta tão forte e esta tão presente nos campeonatos, e esta deixando muita gente brava no mundo do Hearthstone.

Primeiro vamos entender quem faz parte do meta, de uma forma rápida comentar sobre e finalmente falar do shaman!

O meta, que ao longo do ano foi construído, destruído e redefinido com a ultima aventura, deixou muitos aos prantos por causa do shaman, mas esta não é a unica classe que teve destaque no cenário 2016/2.

Com 2 listas miracle rodando (Druid/Rogue), o grande Guerreiro e suas listas de controle pesado (C’thun/CW), o Mage tanto Freeze quanto Tempo e o Hunter com o secret, lembrando estamos falando de competitivo, então vou tratar das listas mais vistas nesse cenário.

A palavra que se tornou “chave” nesses últimos tempos no hearthstone foi VALOR!

Então vamos dar nome aos bois, e ver as cartas de grande valor pra essas classes.

malfi

Druid/Rogue: As duas classes são muito presentes no cenário competitivo pela sua constância e seus recursos para ganhar vantagem durante o jogo e finalizar de forma milagrosa com um letal que geralmente vai direto na cara do oponente, ignorando os taunts.

Alem de contar com umas das curvas de ramp mais bem feitas para o druida com Avivar no drop 0, Crescimento Silvestre no drop 2 e Guardião do Charco finalizando no drop 4, o druida também conta com as remoções Raízes Vivas no drop 1, Ira no drop 2 da a opcao de 1 dano e 1 draw, ou 3 de dano em um minion, ou ainda 4 de dano e um draw com o [Fandral Guenelmo] em campo, Húmus no drop 3, praticamente uma das remoções pontuais mais fortes do HearthStone ou 2xRaiva Feral e a Patada no drop 4, poderosa demais. Somando tudo isso ao dano magico e draw Draco Lazúli] e do finalizador Malygos temos uma base de dano direto (sobrepondo taunts) muito forte. Falando ainda das cartas de valor do deck, para enfrentar essa maquina temos que passar por 2x Nutrir, 1x Barão Geddon, 1x Imperador Thaurissan e 2x Gigante Arcano e ainda pode ter na lista 1xPortal da Clareira da Lua. Não é facil!

Já o rogue, ganhou uma força no controle de campo com criaturas com Saqueador de Tumbas e Barnes e também um gás com Golpe Sombrio. Mas ele vem com uma base de remoções já conhecida com Punhalada pelas Costas no drop 0, Aturdir, Eviscerar e Estocada no drop 2, Os dois de dano do Agente da AVIN e Leque de Facas para fechar o drop 3. Utilizando as moedas dadas pelas saqueadores, 2x Preparação, o deck ainda pode trazer uma vantagem enorme com [Leiloeiro de Geringontzan], tudo isso para acelerar o finalizador Malygos e seus combos com as magias do rogue.

garrosh

O Guerreiro vem sempre com a melhor base de remoções, na minha opinião, com 2x[Escudada] no drop 1, 2x Executar, 2x Machado de Guerra Abrasador, 1xBatida, 1xRevanche no drop 2, no drop 3 ele vem com 2xTrombar e 2xBriga no drop 5. Sem contar a Uivo Sangrento presente em algumas listas. As duas versões do deck usam do grande poder de controle e as cartas de subir o muro com 2xLevantar Escudo, 2xPortal de Altaforja e a vantagem da Justicar Veras. O que muda são os finalizadores. No C'Thun, ainda tem a soma de armadura das 2xCarrega-escudo Anciã e os taunts do Imperador Gêmeo Vek'lor, e aquele pequeno lembre pros 2x Escolhida de C'Thun, que enchem o saco pra caralho. Na versão sem C'Thun, voce ainda vai ter de enfrentar toda base deathrattle e a volta dela com N'Zoth, o Corruptor. E se tudo isso der ruim, as duas bases contam com a presença de board e a saída de encher a mão de lendas da Elise Mirestela.

mage

O mage vem marcando presença com o freeze e o tempo. Ele vem forte com as remoções 2x[ Mísseis Arcanos] 2x [ Impacto Arcano] no drop 1, 2x Seta de Gelo e algumas listas com 1xExplosão Arcana no drop 2, 2x Bola de Fogo no drop 4 (e as listas com 2x Tocha Esquecida no 3], 1xGolpe Flamejante e também 2xPortal das Terras do Fogo. E essas magias podem variar o valor com as 2xAprendiz de Feiticeiro, ganhar dano magico com as 2x Feiticeira do Culto e ainda aumentar as possibilidades com os 2xArdilante, usando sempre do controle de board para garantir a win com danos das magias na boca do oponente.

rexxar

O secret hunter traz pra nós uma estabilidade no early game com 2xAvó Bondosa, 2xGuardiã de Segredos e as 2xCaçadora Camuflada trazendo a força da base dos segredos Gataiada, Tiro de Tocaia, Armadilha Explosiva e Armadilha Congelante. O mid game traz sempre as lendas 2xJubalta da Savana e as feras 2xLobo Infestadoe Morcego Abrasador em algumas listas, e as cartas para finalizar ou controlar a board com 2xComando para Matar, 2x[Arco Hastáguia], 1xDisparo Mortal e Soltem os Cães em algumas listas mais face. 

Lembrando que quase todas listas ainda vai com: Ragnaros, o Senhor do Fogo que entra e distribui carinhosamente 8 de dano.

Então com um meta desses, não passaram muitos agros.

Com a formação desse meta, com a maioria das remoções surgindo nos drops (1-2-3-4-…) e buscando finalizar o oponente depois de dar uma certa “controlada/rampada” o jeito foi ter um deck dentro da comp que se ajusta nessas curvas de controle. Vamos la então ao:

SHAMANSTONE! O deck que veio tocar o terror por sua capacidade de se adaptar no game e buscar um letal seguro.

Antes de falar da força das cartas, quero lembrar vocês da força principal do deck, na minha opinião, que é a vantagem da SOBRECARGA!

O Shaman conta com cartas baratas e com efeitos bons, com aqueles custinho de sobrecarga para pagar no próximo turno, e talvez seja essa a grande vantagem dele. Utilizando cartas com efeitos melhores por um menor preço, conseguimos dar valor no campo, agrar de forma mais segura ou até encher a mesa com varias criaturas…depois de varias remoções em área. E com essa curva de mana com cartas de sobrecarga que esse deck trouxe o terror pros oponentes.

O vem com 2x[Golem Totêmico] no drop 2, mas ainda podendo ser jogado no drop 1 com a moeda para evitar tomar qualquer remoção no drop 2, visto que sozinha…nenhuma remoção tira ele no drop 2. Os 2xEspírito Feral no drop 3, trazendo uma proteção contra a agressão de alguns decks no early game ou também a possibilidade de por 2 criaturas 2/3 taunt logo depois de tomar aquela remoção e área. Nas remoções em área, ele vem com 2xTempestade de Raios e 2xPortal da Voragem, possibilitando ainda combinações com o totem de dano magico do poder heroico, com 2xDraco Lazúli e Mago Sangrento Thalnos e ainda as duas 2xBagata que tiram qualquer valor das cartas do oponente.

É importante lembrar que o Shaman Midrange traz uma construção de jogadas muito fortes, ele tem uma volta muito forte contra remoções em área e consegue recuperar a presença do board com facilidade, mostrando assim um motivo para ele ter quase 55% de winrate contra todos os decks do meta. Essa capacidade de orquestrar a forma de agrar, a forma de usar as remoções ou as criaturas com base na curva de mana com ou sem sobrecarga e buscar de varias formas o letal, seja com Valente do Penhasco do Trovão que da valor para todos os totens do deck ou com Sede de Sangue, da ao shaman uma certa vantagem contra o oponente.

Não é que o shaman seja, de fato, o deck mais poderoso do meta, mas ele foi a conclusão da construção do meta, o deck que mais esta preparado pra enfrentar o que vem para frente. Apesar de ser um deck simples ao olhar, ele exige muito dos players para entender a ideia que circula o deck, a forma de ganhar de cada classes, a hora certa de agredir e tentar o letal.

Fica aquele abraço e o video do StrifeCro dando algumas dicas do Shaman MidRange, e aquele ¯\_(ツ)_/¯ pra você que na curte o SHAMANSTONE!

See ya! Deixa seu like e seu comentário, eles valem!