“A culpa é do RNG!” – como mudar esta mentalidade

rng

Neste artigo vamos falar de como é possível controlar boa parte do “RNG”. A sigla RNG significa Random Number Generator que traduzindo significa gerador de números aleatórios, vamos entender essa sigla no jogo:

O RNG é o fator de aleatoriedade nas cartas que podem gerar cartas aleatórias como [Tomo do Cabalista] ou dano aleatório como a [Tempestade de Raios]. Mas nem sempre você tem que sofrer com este fator, muitas vezes ele é controlável durante o jogo. Em alguns casos, não tem como jogar em volta, como quando o [Barnes] puxa um [Ragnaros, o Senhor do Fogo]. Só que em outros casos, isto pode ser controlado.

Quando se está jogando contra um Mid Xamã. Sabemos que ele pode usar uma [Tempestade de Raios], então temos que jogar em volta disto. Também tem que jogar esperando que ele tenha um lacaio que de +1 de dano mágico. Temos que tomar cuidado sempre com está possibilidade e fazer lacaios fora deste alcance. Além das cartas citadas temos outras cartas que se utilizam do RNG. Agora em evidencia com a nova expansão, temos o uso do descobrir que mesmo te dando opções, são aleatorias. Que diferente do [Barnes], utilizam cartas que não estão nem no seu deck, podendo ser cartas da classe do oponente.

Minimize sempre o RNG!

Independentemente do tipo de RNG, os estragos do seu efeito pode ser minimizado se você pensar na pior hipótese. Isto pode ser feito, trocando o lacaio com menor vida em uma situação em que poderíamos ter usado um lacaio que ficaria vivo. Desta forma os lacaios ficam mais protegidos.

Aceitar o fator de aleatoriedade do jogo é o primeiro passo para melhorar o seu nível de jogo. Ter consciência dos piores casos possíveis e evitar o tilt que leva a desconcentração e não jogar da forma ideal. É a aleatoriedade que torna o Hearthstone um jogo de cartas diferente de qualquer outro!

%d blogueiros gostam disto: