E aí galera, tudo bem? O CBLoL finalmente começou no fim de semana passado com jogadas incríveis, campeões diferentes e algumas surpresas. Todos os times estrearam seus novos jogadores, vimos alguns finais surpreendentes e outros bem tensos, picks diferentes que já fizeram valer as consequências dos 10 bans, suportes poderosíssimos e muito mais.

Então, vamos conversar um pouco sobre os jogos…

PAIN 2 X 0 KEYD

Pain e Keyd abriram o campeonato e apesar de serem um clássico, todos esperavam que as duas equipes empatassem, assim como em todas as vezes em que jogaram uma contra a outra, mas dessa vez não foi bem assim.

O first blood tardio aconteceu aos 22 minutos do jogo, quando Kami que jogava com o Ekko conseguiu matar a Syndra de Takeshi. Antes disso as duas equipes estavam focando apenas em crescer no jogo e só algumas iniciações tímidas haviam acontecido. Depois a Pain seguiu cada vez melhor no jogo, controlando as team fights e abrindo pouco espaço para reações da Keyd.

Vinte minutos após o first blood, quando as equipes estavam com suas builds quase completas, o time da Pain partiu para fazer um Dragão Ancião e todos foram surpreendidos quando perceberam que Kami estava acabando com tudo o que restava do top da Keyd e simplemente partiu para o GG enquanto sua equipe prendia o time adversário na briga em frente ao covil do dragão. Ziriguidum até tentou parar Kami com sua Zyra, mas já era tarde demais, a Pain já havia levado o Nexus. Deixei o vídeo abaixo já no jeito pra vocês verem essa jogada incrível que decidiu tudo!

O segundo jogo também foi controlado pela Pain, mas dessa vez o destaque da equipe foi SirT que terminou o jogo 6/1/7. A Pain tinha muita visão no mapa e um bot bem mais forte que o do adversário. A Keyd chegou a reagir rapidamente após derrotarem o Barão, mas assim que o buff do monstro terminou a Pain voltou a dominar a partida com toda a sua composição dando um dano absurdo e destruindo a base da Keyd novamente, vencendo a série e fazendo o time todo comemorar, principalmente Loop que voltou ao cenário competitivo depois de um ano parado.

INTZ 1 X 1 CNB

Illaoi e Camille, os picks certeiros da série INTZ X CNB

O revival da final do CBLoL do ano passado criou uma expectativa enorme nas torcidas de ambos os times, apesar de a line up da INTZ não ser mais a mesma, contando agora com os novos jogadores Marcelo “Ayel”, Gabriel “Turtle”, Bruno “Envy” e mantendo sua bot lane do mesmo jeito, com Micael “Micao” e Luan “Jockster”. Enquanto isso, a CNB continua com a mesma equipe de vice-campeã do Split passado.

Ayel, que é o nome número um da solo queue brasileira, escolheu jogar com Illaoi, uma campeã que não estamos acostumados a ver no cenário competitivo brasileiro, e foi com ela que o top laner da INTZ brilhou durante o jogo, fazendo o first blood e dominando a partida, abrindo espaço para que sua equipe também atuasse muito bem. Ele ficou forte o suficiente para aguentar o dano da CNB enquanto o restante do time acabava com as torres, os objetivos e os adversários. Em meia hora a INTZ venceu o jogo, levando todas as torres do mapa, ao contrário dos perdidos Blumers que não conseguiram derrubar nenhuma.

Já a segunda partida fez valer o famoso “Parece que o jogo virou, não é mesmo?”. Os times deixaram a campeã Camille open nos picks e bans e Lep logo a escolheu, assim já começava a vitória da CNB. Com a ajuda do jungler Minerva que jogava de Elise, Lep conseguiu dar o first blood na Akali de Ayel e seguiu assim até o fim do jogo, derrotando Ayel no 1×1 e também nos ganks.

O jogo esfriou durante um tempo mas rapidamente a CNB voltou a aproveitar suas vantagens e conseguiu derrotar uma INTZ totalmente apática e perdida, empatando a série.

OPERATION KINO 0 X 2 KABUM

A OPK voltou renovada ao CBLoL, com todo o gás para vencer e também trouxe a volta de um ótimo jogador que andava meio sumido da competição, Franklin “Aoshi”, que já passou por equipes como Jayob e CNB. Já a Kabum, que teve pouco tempo para treinar depois da burocrática tentativa de se juntar a famosa Ilha da Macacada que acabou não dando certo, trouxe no elenco um velho conhecido. Danagorn voltou à equipe em que foi campeão no ano de 2014.

Durante quase todo o primeiro jogo a OPK estava sempre criando jogadas e investindo contra o adversário, se saindo sempre muito bem nas lutas os jogadores se empolgaram e cresceram na partida. Mesmo com todas as chances de vitória a OPK foi se atrapalhando e mesmo com três Barões, simplesmente não conseguia finalizar o jogo.

A Kabum foi crescendo, finalizando seus itens e acabaram matando quase toda a Kino quando precisaram defender sua base. A Kino tinha 4 jogadores mortos que levariam mais de um minuto para voltar jogo, sabemos como cada segundo é precioso no LoL e foi aproveitando esse tempo que a Kabum partiu para o GG. Já com o Nexus quase destruído a Kino retornou e matou Danagorn e Zantins que voltaram à vida graças ao INCRÍVEL item Anjo Guardião e enfim venceram o jogo que nos fez pensar “Ganhou… Perdeu… Ganhou… Perdeu… GANHOU!”. Deixei o vídeo abaixo para começar no exato momento em que Kabum quase nos matou de nervosismo.

No segundo jogo a Kabum veio empolgada com a vitória, trouxe picks diferentes como o Singed e se sentiu bem mais livre pra tomar decisões que os favoreceram durante todo o jogo. A OPK teve algumas reações durante a partida mas a Kabum tomou as rédeas, partiu em busca de todos os objetivos possíveis, sendo uma torre ou um dragão, e diferente do adversário, conseguiu finalizar o jogo, vencendo a série.

RED CANIDS 2 X 0 REMO BRAVE

Picks e Bans do primeiro jogo entre Remo Brave e Red Canids

 Esse jogo com certeza absoluta deixou todo mundo ansioso pra segunda série de domingo. A Red Canids renovou totalmente sua line up, trazendo Robo, Nappon, Tockers e a renomada bot lane Dioud e BrTT. Já a Remo Brave, que venceu o Circuito Desafiante, estreou no campeonato com uma equipe cheia de sinergia.

O primeiro jogo da série foi muito acirrado. As duas equipes respondiam bem as team fights, faziam um ótimo trabalho em grupo e com certeza seus grandes destaques foram a Syndra de Evrot na Remo e o Ryze de Tockers. Mas faltou aos estreantes do campeonato a astúcia de quem já está acostumado com o ritmo do CBLoL o que fez com que a Red acabasse levando a vitória na primeira partida abusando de jogadas espertas, assim como o Ace da partida, que foram inesperadas pela Remo Brave.

Já o segundo jogo foi bem mais curto. Em 28 minutos a Red Canids derrotou o adversário em uma partida bem mais controlada, com iniciações fortes e cheias de dano  e teleportes precisos do Robo que jogou muito bem com seu MaoKai.

Pois bem invocadores, depois de um fim de semana de estreia incrível, vamos ver como as equipes se saem nos próximos jogos já que o campeonato ainda está no comecinho. Neste sábado veremos a Red Canids enfrentar a INTZ e a Remo Brave lutar contra a Keyd. Já no domingo, a Kabum encara a CNB e a Operation Kino disputa a vitória contra a Pain Gaming.

Façam suas apostas e até o próximo post!